top of page
  • Foto do escritorMarcelo Dibá

Como o marketing digital ajuda a aumentar as vendas em uma empresa?

A evolução é essencial no mundo corporativo: novos meios de produção, de comunicação e até mesmo modelos de negócio impõem uma reflexão sobre nossas práticas para trazer benefícios para o consumidor e para o negócio. Nesse sentido, o marketing digital tem sido bastante utilizado por empresas para aumentar as vendas.

Quer entender como esse tipo de estratégia pode aumentar seu faturamento e promover melhor seu negócio? Confira a seguir!

Mais visibilidade para a empresa

Os hábitos dos consumidores tornaram obsoletas algumas abordagens tradicionais de marketing, como a publicidade e cold calls. Hoje, o comprador prefere pesquisar soluções para seus problemas na internet e decidir por conta própria sobre a compra de um produto ou a contratação de um serviço.

O que o marketing digital faz é dar destaque à sua empresa em meio aos seus concorrentes, tornando-a presente desde o estágio inicial da jornada de compra dos clientes em potencial. Em termos práticos, uma boa estratégia apresenta sua empresa como relevante em pesquisas e a coloca como autoridade na sua área de atuação.

Em resumo, uma estratégia digital eficiente busca aproximar sua empresa de pessoas de determinado perfil, de modo que ela já confiem na autoridade da empresa para resolver determinados problemas antes mesmo delas próprias perceberem que passam por ele. Assim, feito o diagnóstico, ela passa a ter preferência sobre as demais.

Uma presença digital é imprescindível para se destacar no mercado atual e o marketing digital se concentra em criá-la da melhor forma possível.

Comunicação mais próxima com clientes

Outro dado importante dos hábitos do mercado consumidor é que a empresa deve despertar confiança em um cliente em potencial para que ele considere uma compra. Isso se dá por meio de uma comunicação mais próxima e da apresentação de conteúdo direcionado e relevante em redes sociais e em blogs.

Uma estratégia de marketing digital planeja a postagem de um conteúdo que ofereça soluções práticas e úteis para problemas pontuais de uma persona, uma representação semifictícia do cliente ideal da empresa. Essa utilidade gera engajamento nas redes sociais e no blog da empresa – leads – e, ao final do processo, vendas.

Por fim, o marketing digital se preocupa com a fidelização de clientes. A manutenção do contato com o cliente após a venda é importante para incentivar a publicidade boca a boca e manter a empresa em sua memória, possibilitando compras futuras pelo mesmo cliente.

Estratégias mais práticas e eficientes

Confira a seguir alguns exemplos de práticas correntes em uma estratégia de marketing:

Inbound marketing

A abordagem tradicional do marketing digital. Consiste em gerar e postar conteúdo relevante e educativo para o público da empresa que, gradualmente, constrói sua imagem e autoridade. Novos seguidores são atraídos pela utilidade do conteúdo.

Posteriormente, são utilizados mecanismos para medir o interesse desses seguidores e criar abordagens mais diretas, menos educativas e mais publicitárias, uma vez que a relação de confiança tenha sido estabelecida.

Co-criação

Essa é uma prática interessante para aperfeiçoar a relação entre a empresa e seu público no ambiente digital.

Quando elaboramos uma estratégia de marketing digital para aumentar as vendas, temos em mente uma persona que passa por problemas específicos e demanda abordagens de uma maneira determinada a esses problemas. No entanto, ao longo do caminho, podemos verificar que a situação não é bem assim.

Ficar atento às reações do público ao conteúdo postado ajuda a ter noções de como planejar os próximos passos e refinar as ações de marketing. Talvez o público esteja comentando sobre algum problema em específico, reagido a um conteúdo melhor do que a outro, se engajado mais em uma rede social do que em outra.

Observar essas reações e criar oportunidades para a criação de conteúdo pelos seguidores (enquetes, sorteios, post de fotos com alguma hashtag, por exemplo) ajuda a aperfeiçoar a estratégia e a incentivar a identificação do público com a empresa, por meio de uma abordagem atenta às suas necessidades.

E-mail marketing

O e-mail marketing é complementar ao inbound marketing. Uma vez que um usuário fornece dados de contato para a empresa, isso é tomado como um sinal de interesse. Seja pela assinatura de uma newsletter ou cadastro em uma loja virtual, por exemplo, o usuário demonstra que quer se aproximar da empresa, tornando-se um lead.

A partir disso, a empresa pode seguir enviando materiais educativos, promoções ou produtos relacionados para seu cliente em potencial, de modo sutil. Isso oferece novas oportunidades de aproximação e, eventualmente, gera maior interesse do lead na compra de um produto ou serviço da empresa.

Mídia paga

A mídia paga é outra grande aliada do inbound marketing. Por meio dela criam-se anúncios em mecanismos de busca e em redes sociais, dando maior destaque ao conteúdo postado pela empresa, atingindo públicos que não atingiriam organicamente, ou seja, apenas pelo engajamento gratuito gerado pelas redes sociais ou pelo blog.

Exemplos de mídia paga são o Google AdWords e os Facebook Ads, além dos anúncios no Instagram, cada vez mais frequentes.

SAC 2.0

Implementar práticas mais dinâmicas de atendimento ao cliente é um fator essencial para sua fidelização e a criação de uma imagem positiva para a empresa diante de seu público.

Portanto, é interessante que a empresa utilize das redes sociais não apenas para promover seus produtos e conversar com seus seguidores, mas para expandir seus canais de suporte.

As redes sociais são os meios mais adequados para essas práticas e empresas têm aderido de forma maciça a elas. Algumas, inclusive, estão criando contas específicas para suporte.

Uma resposta ágil, personalizada e útil aos clientes é um meio certo de conquistar sua confiança ainda mais. Ao disponibilizar esse tipo de comunicação pelas redes sociais, a empresa dispensa a impessoalidade e frequente inacessibilidade de canais comuns de SAC, optando por uma abordagem mais horizontal e próxima.

Mobile marketing

Atualmente, grande parte das jornadas de compra se iniciam por meio de uma pesquisa em dispositivos móveis, sobretudo celulares.

Uma empresa que se preocupa com sua presença digital deve oferecer meios de usuários mobile se conectarem a ela, seja por meio de páginas responsivas, pela criação de aplicativos com novos canais de interação, e utilizando geolocalização para segmentar melhor a transmissão de anúncios.

Empresas que oferecem boa experiência mobile tendem a criar uma imagem positiva para si. Assim, usuários que a encontraram por meio de uma pesquisa no Google ou nas redes sociais tendem a continuar navegando em suas páginas.

Por outro lado, uma experiência de navegação mobile desfavorável é um fator relevante de rejeição da empresa, um obstáculo à jornada de compra e um fator negativo para sua promoção. O marketing digital deve ter compromisso não apenas com o conteúdo que é produzido mas também os meios de acessá-lo.

O aumento da visibilidade da empresa o alcance de novos públicos são pontos-chave do marketing digital para aumentar as vendas de um negócio. Além disso, a presença digital e comunicação nos canais e formatos certos ajudam a estabelecer a autoridade da empresa e a confiança de potenciais clientes.

Percebeu os benefícios que o marketing digital pode trazer para sua empresa? Então compartilhe este post nas suas redes sociais e deixe seus amigos por dentro das melhores estratégias da área!

3 visualizações0 comentário
bottom of page